Foi adiada, sem previsão de nova data, a abertura da exposição Memória do TRT-2: Uma Construção Coletiva, que estava programada para as 17h desta segunda (28).

Por conta da greve dos caminhoneiros e das alterações que ela acarretou, afetando os deslocamentos nas grandes capitais, a Presidência do TRT-2 entendeu ser melhor o adiamento do evento, para que, assim que for remarcado, todos possam comparecer para prestigiá-lo.      

Estava programada para a ocasião a palestra Entre memória e história: lembranças e análises sobre a evolução do TRT-2 e da Justiça do Trabalho, que traria um debate entre o presidente do TRT, Wilson Fernandes, e o ministro aposentado Pedro Paulo Teixeira Manus. A manutenção dessa palestra e dos outros eventos que estavam previstos dependerá das agendas dos convidados, e serão oportunamente divulgados, juntamente com a nova data e horário.