1-jornada-itinerante-de-planejamento-e-gestao-chega-ao-ed-sede-nazar 1309286831

 

A semana teve início com um ritmo diferente para os profissionais que atuam no Ed. Sede do Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região: eles foram apresentados formalmente ao planejamento estratégico e ao Comitê de Planejamento e Gestão do tribunal. Os integrantes do comitê se revezaram para fazer três turnos de palestras sobre os temas. 

 

Iniciando os trabalhos, houve a abertura com o presidente do TRT-2, desembargador Nelson Nazar. Ele destacou a importância do planejamento e do momento em que isso acontece na 2ª Região. “Estamos num momento de transição na Justiça do país. E estamos saindo na frente. Com a participação de todos, nós estamos liderando uma nova estrutura. Hoje nós somos efetivamente uma Justiça que está saindo na frente de todas as outras”. 

 

À frente de todas as apresentações, a coordenadora do Comitê de Planejamento e Gestão, desembargadora Jucirema Maria Godinho Gonçalves, conclamou a participação de todos nos trabalhos do planejamento, uma vez que a integração entre todos os magistrados e servidores do tribunal é uma das bases para o sucesso dos trabalhos. “Estamos aqui para recebê-los e contar com a participação de todos,” disse. 

 

As explanações foram feitas por desembargadores que integram o comitê, acompanhados de equipes de magistrados e servidores, também integrantes do grupo. Também foi apresentado na ocasião um vídeo sobre o planejamento e projeto da jornada itinerante.

 

Planejamento

 

“O motivo da exposição é trazer a todos informações sobre o planejamento estratégico. Mais do que isso, fazer com que vocês participem do planejamento de alguma forma”, afirmou em sua apresentação o desembargador Carlos Roberto Husek. 

 

Uma das vantagens de se elaborar um planejamento extrapolando os limites de uma gestão foi assunto destacado pelo vice-presidente administrativo do TRT-2, desembargador Carlos Francisco Berardo. “Este planejamento estratégico vem racionalizar, impor objetivos, estabelecer uma forma de proceder,” disse, referindo-se ao fato de que o atual planejamento tem objetivos traçados até 2014. 

 

Participante da primeira palestra, o analista judiciário Lúcio Ferreira Lima se mostrou confiante no planejamento apresentado e pôde perceber o valor de uma estruturação organizada. “É importante devido à necessidade de estarmos nos organizando para o dia de amanhã,” comentou. 

 

Comitê de Planejamento e Gestão

 

Composto por cerca de 50 integrantes, o Comitê de Planejamento e Gestão tem representantes de todos os setores. São magistrados e servidores de diversas áreas trabalhando juntos. “Dentro do planejamento estratégico nós não somos só magistrados ou servidores. Todos nós pretendemos a mesma coisa, que é a excelência na prestação de serviços ao jurisdicionado”, afirmou a desembargadora Ivete Ribeiro, integrante do comitê. O desembargador Pedro Sampaio complementou: “Esse trabalho só tem sentido com a participação de todos”. 

 

O comitê é subdividido em comissões: tecnologia da informação, treinamento e capacitação, e orçamento e aquisições. Todos os seus membros passaram por curso de capacitação antes de se integrarem ao grupo. 

 

Os grupos se reúnem periodicamente, a fim de verificar prioridades e definir todos os passos e ações estabelecidas pelo TRT-2, sempre com o objetivo de melhorar a prestação dos serviços, além de solucionar problemas e simplificar procedimentos.

 

Veja fotos da ocasião