O TRT-2 alerta aos jurisdicionados que não realiza contatos telefônicos ou via e-mail solicitando depósitos bancários para prosseguimento da tramitação de processos judiciais.